×

Psicoterapia Breve

A Psicoterapia Breve é uma abordagem terapêutica que busca promover mudanças e alívio dos sintomas em um período de tempo mais curto em comparação com outras modalidades de terapia. Ela se baseia na ideia de que é possível alcançar resultados significativos em um número limitado de sessões, geralmente entre 10 a 25 encontros. Estudos acadêmicos têm evidenciado a eficácia da Psicoterapia Breve em diversas condições, como transtornos de ansiedade, depressão, traumas e dificuldades interpessoais.

Uma pesquisa conduzida por Castonguay e colaboradores (2017) comparou a Psicoterapia Breve com outras abordagens terapêuticas e constatou que a Psicoterapia Breve mostrou-se tão eficaz quanto as intervenções mais longas, resultando em melhorias significativas nos sintomas dos pacientes. Outro estudo realizado por Abbass e colaboradores (2014) mostrou que a Psicoterapia Breve baseada na mentalização foi efetiva no tratamento de transtornos de personalidade e transtornos depressivos, com resultados positivos mantidos ao longo do tempo.

As formas de tratamento na Psicoterapia Breve podem variar de acordo com a abordagem terapêutica adotada. Algumas estratégias comumente utilizadas incluem: estabelecer metas terapêuticas claras e específicas, focar nos problemas atuais do paciente, utilizar intervenções breves e direcionadas, promover a autoconsciência e a mudança de pensamentos e comportamentos disfuncionais, entre outras. A Psicoterapia Breve pode ser conduzida por meio de diferentes abordagens, como a terapia cognitivo-comportamental, psicodinâmica, humanista e sistêmica, adaptando-se às necessidades e características de cada paciente.

Veja quem pode acolher sobre: Psicoterapia Breve

Irene Begliomini
CRP 06/44587 | Biografia